facebook cmm youtube cmm1

A exposição WORLD PRESS PHOTO 2017 vai estar patente ao público no Fórum da Maia entre os dias 27 de maio e 16 de junho.
A fotografia vencedora, da autoria de Burhan Ozbilici, tem o título “An Assassination in Turkey” e retrata o momento em que Mevlüt Mert Altıntaş grita após disparar contra o Embaixador Russo Andrey Karlov, numa galeria de arte em Ankara.
A imagem foi a vencedora, mas continua a ser controversa. “É a imagem de um assassinato, com o assassino e o morto, ambos na mesma fotografia. Moralmente é tão problemático como publicar um terrorista a decapitar a vítima”, comentou Stuart Franklin, presidente do júri do concurso, que admitiu, ter votado contra a fotografia de Ozbilici.
A edição de 2017 da Exposição apresenta ao público as imagens vencedoras do 60.º concurso anual da World Press Photo, selecionadas a partir de um total de 80.408 imagens produzidas por 5.034 fotógrafos de 126 países.
Referência mundial do fotojornalismo, a exposição dá a conhecer ao público, através das imagens premiadas pela World Press Photo, algumas das questões cruciais com as quais povos e sociedades de todo o mundo se defrontam na atualidade e que, em muitos casos, se repercutem além das suas fronteiras e mesmo à escala global.
A exposição estará patente no Fórum da Maia, de 27 de maio a 16 de junho, de terça a domingo, das 9h00 às 22h00. Entrada gratuita.

No dia 17 de maio, pelas 16h00, terá lugar a inauguração da exposição comemorativa dos 25 anos do Eixo Atlântico, na Praça Doutor José Vieira de Carvalho.
Trata-se de um conjunto de 36 painéis, articulados em forma de cubos, onde o público poderá percorrer a história do Eixo Atlântico e as iniciativas mais marcantes no âmbito da cooperação transfronteiriça e estruturação do sistema urbano.
A Câmara Municipal da Maia é membro do Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular desde 1 de janeiro de 2015. Esta associação transfronteiriça é integrada pelas principais cidades da Galiza e da região norte de Portugal, que procuram trabalhar em conjunto no sentido da promoção do desenvolvimento e da coesão económica, social e cultural das cidades e das regiões abrangidas, nomeadamente, mediante a estruturação de um território comum.
A exposição estará exposta até ao dia 1 de junho.

No próximo dia 10 de maio, o Município da Maia irá receber uma delegação da República da África do Sul, composta pela Sra. Embaixadora, Mmamokwena Gaoretelelwe, pelo First Secretary, Reed Mkhohliso, e pelo Cônsul Honorário, António Schneider, bem como por 13 Representantes do Estado do Free State.
A comitiva será recebida nos Paços do Concelho da Maia, pelas 9h30, seguindo-se reuniões com o Diretor da Espaço Municipal – Renovação Urbana e Gestão do Património, E.M., Fialho de Almeida, a propósito da gestão da habitação social na Maia, e com a Gestora da Unidade de Negócio Internacional da LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, Dra. Susana Abreu, relativamente à transformação de resíduos sólidos em energia elétrica (biomassa).
Esta visita surge no seguimento do sucesso dos trabalhos que tiveram lugar no dia 29 de março e é mais um testemunho da relevância das boas práticas levadas a cabo no Município da Maia.

No passado dia 29 de março de 2017, a Embaixadora da República de Africa do Sul, Mmamokwena Gaoretelelwe, foi recebida nos Paços do Concelho da Maia.
A Sra. Embaixadora estava ainda acompanhada do First Secretary da Embaixada, Reed Mkhohliso, e do Cônsul Honorário da República da África do Sul no Porto, António Schneider. Esta receção oficial foi também seguida de uma reunião com o Diretor da Espaço Municipal – Renovação Urbana e Gestão do Património, E.M., Fialho de Almeida, a propósito da gestão da habitação social na Maia, e com o Administrador da LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, Fernando Leite, relativamente à transformação de resíduos sólidos em energia elétrica (Biomassa).

Continuar...