facebook cmm youtube cmm1

Em meados do ano 2000, a Maia integrou o grupo dos quinze municípios pioneiros na criação dos serviços de polícia municipal, na sequência da entrada em vigor do novo regime jurídico regulador da matéria. Desenvolveram-se, a partir de então, as diligências necessárias para dotar o serviço dos meios indispensáveis ao seu funcionamento; procedeu-se ao recrutamento e selecção de pessoal e à aquisição dos equipamentos.


Criação do ServiçoEm junho de 2001, os primeiros candidatos seleccionados iniciaram a frequência do curso de formação profissional para agentes da polícia municipal. Entre Fevereiro e Outubro de 2002, o segundo grupo frequentou o mesmo curso. Estes dois grupos constituem o corpo da Polícia Municipal da Maia, actualmente em actividade. Em Janeiro de 2003 mais um grupo de agentes iniciaram a formação, os quais estarão aptos a exercer funções a partir de Outubro.

Pretende-se dotar o Município de um serviço capaz de garantir o alcance dos objectivos definidos pelos órgãos competentes. Através de uma actuação preventiva apela-se ao ordenamento e segurança; Cria-se um veículo de aproximação na relação com o munícipe e com o cidadão; Proporciona-se às forças de segurança a canalização de mais meios para os problemas da segurança pública.
Através do Serviço do Polícia Municipal, conjuntamente com a Secção de Fiscalização, o Município fiscaliza, na área da sua jurisdição, o cumprimento das leis e regulamentos que disciplinam matérias relativas às atribuições da autarquia e à competência dos seus órgãos.