facebook cmm youtube cmm1

maiaaopalco17

De 21 a 27 de março decorre a 11ª Edição do Maia ao Palco – IX Mostra de Teatro de Amadores da Maia, na Quinta da Caverneira e no Fórum da Maia.

Com esta Mostra a Câmara Municipal da Maia e o Teatro Art'Imagem pretendem valorizar e dar a conhecer ao maior número de pessoas o mérito cultural das associações do município, possibilitando, desta forma, a apresentação das suas peças na principal sala do concelho, incentivar o intercâmbio entre as várias coletividades, contribuindo para um melhor conhecimento entre participantes.

A Maia ao Palco é também um espaço para confrontar experiências artísticas diversas, melhorar a qualidade das peças e a escolha de novos repertórios, fomentar o espírito crítico e abrir canais de debate entre os artistas amadores, seus associados e os espetadores em geral, alargando assim, de uma forma concertada, a oferta cultural do Concelho da Maia.

 

 
21 de Março (terça-feira)

15h00 | Auditório da Quinta da Caverneira | Teatro Art´Imagem
O Cinema vai ao Teatro| Filme “Uma Vida Normal” |M/16| 108 Minutos | Gratuito
Marcação prévia
Miguel (Joaquim de Almeida) tem 40 anos e os problemas de costume. Talvez um pouco mais que o costume…
Está separado da mulher e envolvido com uma amante que só lhe dá chatices. Não tem tempo para estar com o filho. Está cheio de problemas no emprego e com a conta bancária a zero. Bebe demais, fuma vários maços por dia, toma comprimidos para dormir e outros para acordar. E o seu corpo começa a reagir mal a uma vida de abusos.
Em resumo, a sua vida está a ir por água abaixo. Mas, num último assomo de energia, decide mudar. No fundo, pensa ele, tudo o que quer é uma vida normal.
Infelizmente, não há nada mais difícil no mundo…
Ficha Artística
Realização: Joaquim Leitão | Argumento: Joaquim Leitão | Produtor: Tino Navarro | Música: António Emiliano | Elenco: Joaquim de Almeida | Maria Barranco | Anamar | Margarida Marinho | Vítor Norte | Marcos Rodrigues | Alina Vaz | Luís Filipe Rocha | Maria Emília Correia |António Rama | António Caldeira Pires | Jorge Pinto | Francisca Serrão | Pedro Wilson | Orlando Costa
 
 
21h30 | Espetáculo Maia ao Palco
Grande Auditório do Fórum da Maia | Sancti Martini – Associação JB Juventude Barcarense
O Último a Saber | M/12 | 90 Minutos | 5 Euros
O ardiloso marido, desconfiado da fidelidade de sua esposa, contrata os serviços de um habilidoso detetive. Este dedica-se ao caso e fornece ao seu cliente informações bastante convincentes. No entanto o mistério só ficará clarificado no final. Quem será o último a saber?
Ficha Artística
Autor: Jomar Magalhães | Tradução / Adaptação: Sancti Martini |Encenador: Sancti Martini | Intérpretes: Daniel Monteiro, Romeu Correia, Carina Pereira | Técnicos: Sancti Martini
 
 
22 de Março (quarta-feira)
15h00 | Auditório da Quinta da Caverneira | Teatro Art´Imagem
Oficina de Teatro Sénior Aula Aberta| Todos os Públicos | 120 Minutos | Gratuito
A Oficina de Teatro da Maia é uma iniciativa da Câmara Municipal da Maia em colaboração com o Teatro Art´Imagem.
Esta aula aberta pretende nas Comemorações do Dia Mundial do Teatro uma experiência teatral conjunta entre formandos seniores da OFICINA com pessoas de todas as idades.
Formador: Flávio Hamilton
 
 
21h30 | Espetáculo Maia ao Palco
Grande Auditório do Fórum da Maia | Oficina de Teatro Sénior – Teatro Art´Imagem
Histórias Mínimas | M/12 | 50 Minutos | 5 Euros
Das Histórias Mínimas já muito se disse. As suas estórias têm sido levadas à cena por uma variedade muito grande de grupos de teatro em todo o mundo. Delas ressaltam a poesia e o senso distorcido, escondido na bruma quotidiana de homens e mulheres; pensamentos que a mais das vezes ficam no segredo do imaginário de cada ser. Javier Tomeo, com a mestria que lhe é reconhecida, escava o fundo desse sentir, transforma-o em arte.
E o género humano revela-se, talvez, mais completo ao revés. Porque verso e reverso clarificam melhor o Verso.
A nossa proposta é simples e despojada de truques artificiosos, esperando ter alcançado dessa forma o espírito que está por detrás da letra do autor. Atores que são ao mesmo tempo plateia, que contemplam, ora a partir de fora, ora vivenciando ativamente, o espetáculo da sua existência: rindo-se dela, aplaudindo-a, disfrutando.
Um bailado de cadeiras e atores, de poetas e acordeonistas, de gigantes e faunos, sintonizados em ondas de FM; porque quisemos contaminar parte do jogo, através da Frequência da Memória, com os dias do teatro radiofónico.
Ah, se a beleza fosse algo contagioso!...
FICHA ARTÍSTICA
Encenação: Flávio Hamilton I Direção: Flávio Hamilton e Pedro Carvalho I Elenco: Álvaro Ferreira, Angelino Silva, Ermelinda Fernandes, Isabel Brito, João Morais, Laura Lino, Luísa Castro, Maria De Lurdes Ferreira, Maria José Carvalho, Margarida Amado, Marília Teixeira, Rosalina Santos.
 
 
23 de Março (quinta-feira)
 
15h00 | Auditório da Quinta da Caverneira | Teatro Art´Imagem
O Cinema vai ao Teatro| Filme “Esquece tudo o Que te Disse” |M/12| 118 Minutos | Gratuito
Marcação prévia
Esta é a história de uma família. Os pais, a filha (e o seu namorado), o avô (e a criada). Uma história de amores, ódios, separações e reencontros. Felizbela (Custódia Galego) ama de forma descontrolada e possessiva o seu marido, cercando-o com uma mistura explosiva de paixão e ciúme, que fatalmente acabará em ódio. E para conservar a sua atenção não olha a meios, sofrendo e humilhando-se para reconquistar o seu amor.
Mas Messias (António Capelo) já pouco consegue fazer para esconder um certo desencanto pela vida e um desprezo inconfesso pela mulher.
E um dia, Bárbara (Amélia Corôa), sobrinha de Felizbela, jovem frágil e revoltada, irrompe nesta família e desequilibra tudo: a prima, a tia, e sobretudo Messias, que finalmente se deixará levar pelas emoções…
Mas Felizbela não se conforma e tudo fará para salvar a sua família.
Ficha Artística
Realização: António Ferreira | Argumento: António Ferreira e César Santos Silva | Produtor: Paulo Branco | Elenco: Custódia Galelo, António Capelo, Amélia Corôa, Fernando Taborda, Alexandre Pinto, Cleia Almeida, Alexandra Rosa, Jorge Piña, Estrela Novais, João Cabral, Lucinda Loureiro, José Diogo, Luís Pavão, Margarida Lopes e Dörte Schneider.
 
 
21h30 | Espetáculo Maia ao Palco
Grande Auditório do Fórum da Maia | Que Cena – Agrupamentos de Escolas de Águas Santas
Farsa de Inês Pereira | M/6 | 50 Minutos | 5 Euros
Inês Pereira Tendo como mote um ditado popular, “mais vale asno que me leve que cavalo que me derrube”, a farsa de Inês Pereira é uma crítica à sociedade da época de Gil Vicente. Inês Pereira idealiza um noivo, moço fidalgo, bem-educado, cavalheiro, que saiba cantar e dançar. Por isso, rejeita Pêro Marques, homem rico e bem-intencionado, mas demasiado boçal, e casa com Brás da Mata, sedutor e pelintra, que, depois de casar, fecha Inês em casa e vai para a guerra… Mas a vida dá muitas voltas e o melhor é cantar e dançar.
Ficha Artística
Autor: Gil Vicente | Tradução / Adaptação: Maria Amélia Lopes | Encenador: Maria Amélia Lopes | Intérpretes: Ana Ferreira; Ana Rita Roque; Bárbara Guedes; Beatriz Dias; Francisca Ramos; Inês Brita; Jade Silva; Jorge Pereira; Pedro Marques; Rafael Castro; Rafaela Sousa; Saúl Braga | Técnicos: Cláudia Esteves; Mariana Marques: Rafaela Moreno; Ricardo Pinto | Outros Criativos: Turma de Artes da ESAS
 
 
24 de Março (sexta-feira)
 
21h30 | Espetáculo Maia ao Palco
Grande Auditório do Fórum da Maia | Grupo de Teatro do ICM – Instituto Cultural da Maia
O Crime da Aldeia Velha | M/16 | 50 Minutos | 5 Euros
Joana vive em Aldeia Velha e é a rapariga mais bonita da terra, despertando sentimentos fortes em todos os habitantes da aldeia. Grande paixão nos rapazes e grande inveja nas mulheres que, a acusam de estar possuída pelo demónio e trazer as desgraças para as suas vidas.
Nessa mesma altura, chega um novo padre à aldeia, que decide defender Joana das acusações que lhe são feitas e enfrentar as mulheres, incluindo a sua própria mãe.
Ficha Artística
Autor: Bernardo Santareno | Tradução/Adaptação: Círculo de Leitores | Encenação: Sandra Ribeiro | Intérpretes: Adriano Santos, Amâncio Silva, Cândida Correia, Conceição Silva, Filomena Guedes, Iolanda Carvalho, José Moreira, Maria de Jesus Rebelo e Noémia Lavandeira
 
 
25 de Março (sábado)
 
11h00 | Biblioteca Municipal da Maia | Teatro Art´Imagem
Hora do Conto | “O Beijo da Palavrinha” de Mia Couto | M/5 | 60 M | Gratuito | Marcação Prévia na Biblioteca Municipal
A Hora do Conto, um momento de partilha do gosto pela leitura e do
incentivo à mesma.
“Era uma vez uma menina que nunca vira o mar. Chama-se Maria Poeirinha…”
Atriz: Daniela Pêgo
 
 
18h00 | Pequeno Auditório do Fórum da Maia | Teatro Art´Imagem
Apresentação Oficina de Dramaturgia | M/5 |60 Minutos | Gratuito
Apresentação do texto final criado pelos alunos no âmbito da formação da Oficina de Dramaturgia.
Formadora: Micaela Barbosa
 
 
21h30 | Espetáculo Maia ao Palco
Grande Auditório do Fórum da Maia | Pé no Charco – Teatro Oficina
Contos Desfadas | M/12 | 70 Minutos | 5 Euros
Durante o baile no Palácio Real um grupo de Fadas Madrinhas, inspiradas apenas por um desejo de mudança, resolvem alterar o sistema político convencional dos contos de fadas, abolindo a monarquia e instaurando a república nas histórias encantadas.
Esta abordagem subversiva e bem-humorada entrecruza episódios e personagens de diferentes contos infantis clássicos. Pretende ser uma nova e diferente narrativa que, mesmo assim, é em tudo semelhante às que toda a gente identifica, com o mesmo desfecho que se impõe: a vitória do bem contra o mal.
A estreia universal duma comédia non sense para todas as idades, despretensiosa mas sofisticada, onde o principal objetivo não passa pela moral convencional dos contos, mas antes por um pretexto para vários minutos de inofensiva e pura diversão.
Texto e encenação: Carlos Alberto Frazão
Produção: Filipe Gaspar
Elenco: Daniel Gavina, Elza Martins, Fernanda Costa, Hélia Martins, Inês Pascoal, Marta Cardoso, Nuno Sá, Rúben Braga, Sandra Vidal, Susana Rodrigues
Figurinos: Sítio das Marionetas
Duração: 60/70 minutos
Classificação: maiores de 12 anos
 
 
26 de Março (Domingo)
 
16h00 | Espetáculo Maia ao Palco
Grande Auditório do Fórum da Maia | Secção Cultural José Lopes - Associação Clube Desportivo José Lopes
Revista à Portuguesa: “O ouriço é delas!” | M/6 | 120 Minutos | 5 Euros
A Revista à Portuguesa “O ouriço é delas” passa-se na Tasca da Ana Rosa onde se festeja o Magusto. Esta comédia centra-se em três personagens principais: o velho Barnabé, a dona da Tasca, Ana Rosa, e a empregada, Tina, que são visitados por outras personagens que proporcionam momentos de diversão e muita alegria. Como é caraterística da nossa Revista o fado tem a sua presença com várias músicas e danças.
Ficha Artística
Autor: António Oliveira | Encenador: António Oliveira | Intérpretes: António Oliveira, Joana Oliveira, Carla Lopes, Alvarim Ribeiro, João Ribeiro, Sara Ribeiro, Mariana Cardoso, Adriana Pinto, Elisabete Pinto, Luz Garcia e Grupos de dança: Pequeno, Médio e Sénior | Técnicos: Filipe Torres e Miguel Lopes | Outros Criativos: Alice Lopes e Sílvia Lopes
 
 
27 de Março (segunda-feira)
 
21h30 | Auditório da Quinta da Caverneira | Teatro Art´Imagem
Oficina de Teatro da Maia “Leitura da Mensagem do Dia Mundial do Teatro” | Gratuito
 
 
OUTRAS ACTIVIDADES
 
Sala de Exposições da Quinta da Caverneira | Exposição
O TEATRO ART´IMAGEM NA DÉCADA DE 80 - O INÍCIO
Fundo Teatral Art’Imagem/C.M.Maia
28 jan – 30 abr 2017
Galeria Quinta da Caverneira | Gratuito
+ INFO
Fórum da Maia | 22 940 86 43
Teatro Art´Imagem | 22 208 40 14 / 91 769 17 53
Biblioteca Municipal da Maia | 22 940 86 38
Não é permitida a entrada depois do início do espetáculo, não sendo devolvido o dinheiro do bilhete. O programa poderá ser alterado por motivos imprevistos.
 
 
Bilhetes à venda ao preço único de 5,00€, nos seguintes locais:
Fórum da Maia (segunda a sexta-feira: 09h00 - 12h30 / 14h00 - 17h30, e uma hora antes de cada espetáculo).
Biblioteca Municipal da Maia (segunda-feira: 18h00 - 22h30; terça-feira a sábado: 09h30 - 22h30).
Maia Welcome Center (todos os dias entre 09h00 e as 19h00).
On-line: https://forummaia.bol.pt/