facebook cmm youtube cmm1

Bienal de Arte Contemporânea da Maia

Bienal de Arte Contemporânea da Maia

01 setembro 2017 00:00 - 30 setembro 2017 23:00

(Save to cal)

Consoante o Programa

No dia 9 de setembro, pelas 18h00, no fórum da Maia serão inauguradas três exposições inseridas no programa da Bienal de Arte Contemporânea da Maia 2017.
‘Cut and paste’ enquanto exposição coletiva de colagem, ‘The explorative job interview’, uma instalação da autoria de Henrique Nascimento e ainda ‘Liquid Modernity’ uma instalação de Benoit Canaud.

Mais tarde, pelas 21h00, no Fórum da Maia e no Parque Central da Maia, piso -6, serão inauguradas outras três exposições.
‘Unlimited Shape – Focus’, uma intervenção  urbana de Moradavaga, patente nos jardins do Fórum da Maia, ‘Every word’, uam instalação da Catarina Lee, e de João Valente e Sara Orsi a instalação ‘Strangers’.


 “Cut and paste”|Exposição coletiva de colagem | Fórum da Maia (G1)
Repetição, omissão, distorção… colagem. Esta exposição apresenta um conjunto de artistas do que poderemos chamar de movimento “collage”, um movimento interdisciplinar que se liga ao imaginário do construtivismo, dadaísmo e da pop-art. Desde o real ao digital, as obras apresentadas invocam as histórias que estão na origem das próprias imagens, imagens essas que são deturpadas e redefinidas sobre uma intensão de criação de nova memória.

 

“The explorative job interview” | Instalação de Henrique Nascimento | Fórum da Maia (G3)
Os Algoritmos e a inteligência artificial estão a alterar a nossa paisagem laboral tornando obsoletos certas práticas e métodos. Refletindo sobre o modelo da entrevista de emprego, Henrique Nascimento apresenta uma instalação que a partir de um videojogo pretende questionar a forma como nos damos a conhecer através de ações, decisões e reações.

 

“Liquid Modernity” | Instalação de Benoit Canaud | Fórum da Maia (G3)
Instalação que explora as possibilidades das novas tecnologias associadas à forma e desenho da palavra – a tipografia. Com a crescente necessidade de adaptação a diversos formatos e suportes, é necessário encontrar uma resposta para o que são os limites físicos segundo uma capacidade de flexibilidade. Benoit, nesta instalação explora estas questões sob a perspetiva e a dimensão humana, deslocando o que está no mundo virtual para o nosso espaço físico.

 

“Unlimited Shape - Focus” | Intervenção urbana de Moradavaga | Jardins do Fórum da Maia (Centr’Arte)
O mote curatorial de Andreia Garcia lança o repto da exploração ilimitada entre arte e arquitetura, entre experiência e apropriação, entre processo e disseminação. Nesse sentido, esta intervenção promove a alteração da perceção dos observadores sobre a realidade monocromática da Maia, sendo a cor uma das matérias abordadas com especial enfoque na subversão da relação entre forma, corpo e função.

 

“Every word” | Instalação de Catarina Lee | Centro Comercial Venepor (Piso 1, loja 62)
Every word propõe uma exploração expressiva das semelhanças e diferenças entre diversas línguas, através de uma sequência audiovisual que traduz conteúdo textual em imagem e som. Através de um programa é feito um scan sobre todas as palavras de quatro línguas, e através de símbolos gráficos e da modelação de parâmetros sonoros, propõem uma narrativa abstrata a partir das diferentes línguas.

 

“Strangers” | Instalação de João Valente + Sara Orsi | Parque de estacionamento (Piso -6)
Rodos os anos milhares de gadgets surgem no mercado que, devido ao atual modelo de consumo, rapidamente caem em desuso, alimentando as cada vez mais extensas paisagens de lixo eletrónico. Strangers é uma instalação que propõe uma visão sobre objetos num novo estado de transformação para que os possamos conhecer, não como eles foram, mas através de uma desfamiliarização ou de um novo olhar sobre o que já foi ultrapassado.
 

Para consultar o programa clique aqui


| De: 1 a 30 de setembro
| Local: consoante o programa 
| Entrada: gratuita


Register Cost: Free
Maia    |    Consoante o Programa